capas de disco 

Morris Picciotto • 2020

Tudo começou com um desenho numa pedra que Ale Picciotto fez, elemento gráfico fundamental do projeto e que são as capas dos singles que já foram lançados uma a uma e agora é lançamento do disco completo. A foto da capa é do Jose de Holanda. Outros pontos fortes do projeto são a bola amarela e o vinho q faz o fundo. Tudo isso faz a identidade ser forte, com cores, texturas e misturas de elementos tão diferentes. Foi um desafio lindo!

Ná Ozzetti (Selo Circus) • 2020
Novo Projeto Gráfico para o primeiro disco, de 1988, que foi remasterizado para CD e LP. A premissa era manter a foto e capa original de Gal Oppido. O meu trabalho foi aplicar a tipografia na capa e desenvolver contra capa, parte interna, encarte e adaptação para LP e rótulos.

Rodrigo Campos, São Mateus não é um lugar assim tão longe, CD e LP 2009 e 2019

Thamires Tannous, Canto-Correnteza, 2019​

Ná Ozzetti e Zé Miguel Wisnik, Ná e Zé, CD e LP duplo, 2015 • aqui tem o site também

Patrícia Bastos, Zulusa, 2012

Ricardo Herz e Antonio Loureiro, 2014

logo2.png
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Instagram

Entre em contato aqui

+55 (11) 98249.9453 • teresa.maita@gmail.com • são paulo sp

aqui tem foto de um monte de gente:

capa da Carolina Rolim, os stills de projetos do Márcio Fisher, algumas montagens

minhas e algumas fotos de banco de imagem, unsplash

© teresa maita  2019 

Todos os direitos reservados